Últimas Notícias »


Idosos 3/2/2009 0:0:0 » Por

Idoso que faz dieta sem exercício perde massa muscular, diz pesquisa

Uma dieta com restrição calórica não é suficiente para manter a boa saúde de idosos


Compartilhar no WhatsApp

Uma dieta com restrição calórica não é suficiente para manter a boa saúde de idosos acima do peso, de acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Pittsburgh e publicada no "Journal of Applied Physiology" neste mês.

Os pesquisadores constataram que idosos que diminuem a ingestão de alimentos sem fazer exercícios perdem mais massa magra.

Durante quatro meses, foram avaliadas 64 pessoas entre 60 e 75 anos de idade que eram obesas ou tinham sobrepeso, divididas em grupos que aliaram dieta a exercícios, que só controlaram a alimentação e que apenas praticaram atividades físicas. "Vimos que os idosos que perderam peso sem praticar exercícios não aumentaram a habilidade de queimar gorduras em comparação com os que também fizeram exercícios", disse à Folha Francesca Amati, líder da pesquisa.

Os resultados também mostraram que os idosos que só fizeram dieta tiveram diminuição de peso resultante da perda de gordura e de massa magra. Já os que combinaram dieta com exercício perderam basicamente gordura.

A partir dos 40 anos de idade, o organismo tende a trocar massa muscular por tecido adiposo, intensificando essa troca depois dos 60 anos, explica Carlos André Freitas dos Santos, coordenador do Ambulatório de Promoção da Saúde da disciplina de geriatria e gerontologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

A perda dos músculos pode trazer problemas de locomoção. "Não é raro ver idosos com mais de 80 anos sem doenças graves terem limitações de mobilidade, não conseguirem preparar refeições ou se levantarem da cama simplesmente por serem sedentários", diz.

A melhor forma de driblar a diminuição natural da musculatura é praticar exercícios de resistência, como a musculação e o pilates, por exemplo. Combinados a um exercício aeróbico no mínimo três vezes por semana, auxiliam na formação de massa muscular e trazem impacto positivo na prevenção de osteoporose, problemas de memória, concentração e atenção e transtornos psicológicos.

Antes de começar a se exercitar, no entanto, o idoso deve procurar um médico para uma avaliação clínica --qualquer especialista que conheça as particularidades dessa faixa etária pode ajudar.

Quanto à dieta alimentar, Santos explica que há variações caso a caso, mas que é possível perder peso apenas adquirindo hábitos saudáveis. Fracionar a alimentação em cinco refeições diárias, consumir no mínimo seis porções de vegetais por dia, evitar guloseimas e embutidos e não ingerir comidas pesadas à noite já ajudam.

"Observo que idosos com sobrepeso possuem maus hábitos alimentares e, com pequenas mudanças na alimentação, conseguem ajustar o peso", afirma Santos.


Fonte: Folha Online




NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cobap − Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas
ST SHCS CR QUADRA 507 BLOCO A LOJA 61 - ASA SUL - BRASÍLIA / DF CEP 70.351-510
Fone: (61) 3326-3168
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Subsede
Rua 24 de Maio, nº 250 - 1º Andar - cj. 101 Bairro República - São Paulo CEP 01041-000
Fone: (11) 3361-2098 - Atendimento-SP: (11) 3361-3188
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Site: www.cobap.org.br | e-mail: cobap@cobap.org.br

Cobap - Copyright ® 2015, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved

Desenvolvido por Maquinaweb