Últimas Notícias »


Aposentados 21/1/2020 11:2:21 » Por

A crise do INSS


Compartilhar no WhatsApp

 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passa por uma crise sem precedentes, uma das mais graves da história da Previdência Social. A principal causa é a má gestão dos recursos humanos e tecnológicos. E essa crise não é de hoje. Já nos anos 80 as filas eram intermináveis com total descaso para com o cidadão contribuinte.

 

Passado décadas o problema estrutural continua apesar dos avanços tecnológicos. Estima-se que 2 milhões de contribuintes em todo o país estão impossibilitados de requerer suas aposentadorias em função de um congestionamento de pedidos que foi se acumulando desde 2018 com a expectativa da reforma da previdência e devido à aposentadoria dos próprios servidores do INSS. Aprovada a reforma em 2019 o caos se estabeleceu nos postos do INSS.

 

O avanço tecnológico da autarquia gerou a fila virtual resultante de um processo de digitalização ineficiente dos processos e má administração dos recursos humanos disponíveis. Se o sistema tecnológico fosse eficaz com organização e gerenciamento e sem burocracia o crescimento das aposentadorias dos servidores do INSS não geraria tanto entrave e o atendimento estaria regularizado.

 

O descaso do governo para com a crise histórica da máquina administrativa do INSS resultou nessa situação de total inoperância. Ao invés de implantar um choque de gestão há muito tempo necessário o governo propõe a militarização da autarquia. Essa medida é paliativa e desesperada. Não resolve o problema. A crise exige uma ampliação do quadro de funcionários através de concurso público e a melhoria do sistema virtual de atendimento.

 

Ao invés de militarizar o INSS, com custos altos de atuação e sem a formação técnica exigida, o governo poderia, no curto prazo e em caráter emergencial, convocar servidores aposentados e estabelecendo uma remuneração adicional. Dessa maneira seria mantido o profissionalismo que a situação requer e o caráter estritamente técnico da atuação dos servidores.

 

A crise do INSS é, portanto, uma crise histórica de má gestão. O Estado brasileiro precisa de uma reforma administrativa que priorize o cidadão, que amplie a contratação de servidores concursados, que crie as condições para um novo funcionalismo comprometido com resultados, através da qualificação profissional, e que construa um sistema tecnológico de atendimento ágil, atualizado e eficaz.

 




NOTÍCIAS RELACIONADAS

Cobap − Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas
ST SHCS CR QUADRA 507 BLOCO A LOJA 61 - ASA SUL - BRASÍLIA / DF CEP 70.351-510
Fone: (61) 3326-3168
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Filial
Telefone: (11) 3361-2098
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Filial
Telefone: (81) 3132-8336
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Site: www.cobap.org.br | e-mail: cobap@cobap.org.br

Cobap - Copyright ® 2015, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved

Desenvolvido por Maquinaweb