Últimas Notícias »


Aposentados 14/8/2019 16:12:29 » Por Atualizado em 14/8/2019 16:52h

EM BRASÍLIA, A PRESIDENTE DA FEASAPEB, FILIADA À COBAP, PARTICIPA DA MARCHA DAS MARGARIDAS

Neste ano, a manifestação teve como temas a agroecologia e o enfrentamento da violência contra a mulher no campo.


Compartilhar no WhatsApp

Com o lema "Margaridas na Luta por um Brasil com Soberania Popular, Democracia, Justiça, Igualdade e Livre de Violência", a 6ª Marcha das Margaridas reuniu nas ruas de Brasília, na manhã desta quarta-feira, aproximadamente 100 mil de mulheres do campo, da floresta e das águas.  

A presidente da Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas da Bahia (FEASAPEB), e diretora do SINDIPETRO - BA Marise Sansão, participou de mais essa edição da Marcha. Para ela, foi importante a COBAP, como representante máxima dos aposentados e pensionistas, participar de uma ação tão importante que é a defesa das mulheres.

“Participei de quase todas edições da Marcha. Para mim, é sempre uma honra e muito importante, pois é luta justa por políticas públicas que correspondam as necessidades das mulheres brasileiras, que, atualmente, estão enfrentando tantas dificuldades por parte das ações governamentais”, lembrou Marise.

Neste ano, a manifestação teve como temas a agroecologia e o enfrentamento da violência contra a mulher no campo. Além disso, as margaridas também chamaram a atenção para o desmonte das políticas públicas e as consequências que a reforma da Previdência vai trazer para o segmento.

O ato de hoje contou com a participação de agricultoras familiares, ribeirinhas, quilombolas, pescadoras, extrativistas, camponesas, aposentadas e pensionistas, quebradeiras de coco, trabalhadoras urbanas e dos movimentos feministas e de mulheres indígenas.  A Marcha é realizada desde o ano 2000, e, ao longo da sua história, tornou-se uma ampla ação estratégica dessas mulheres para conquistar visibilidade, reconhecimento social, político e cidadania plena.

Saiba mais:

O símbolo da Marcha das Margaridas é trabalhadora rural nordestina, Margarida Maria Alves, que enfrentou o machismo e ocupou, por 12 anos, a presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alagoa Grande, na Paraíba. Ela foi assassinada em 12 de agosto de 1983, a mando de latifundiários da região.

 

 




NOTÍCIAS RELACIONADAS


21/8/2019 15:49:29
COBAP- NOTA DE ESCLARECIMENTO

Cobap − Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas
ST SHCS CR QUADRA 507 BLOCO A LOJA 61 - ASA SUL - BRASÍLIA / DF CEP 70.351-510
Fone: (61) 3326-3168
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Filial
Telefone: (11) 3361-2098
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Filial
Telefone: (81) 3132-8336
Horário de funcionamento: Das 08h às 12h e das 13h às 17h

Site: www.cobap.org.br | e-mail: cobap@cobap.org.br

Cobap - Copyright ® 2015, Maquinaweb Soluções em TI - Todos os direitos reservados. All rights reserved

Desenvolvido por Maquinaweb